Inicio   e-mail   Favoritos

 
 

Visitas

Visitantes

 

CULTURA

Espaços Culturais

Lingua: Barranquenho

Publicações

Associativismo

Barranquenho: Classificado como Património Cultural Imaterial de Interesse Municipal

A assembleia municipal de Barrancos aprovou em  24 de junho de 2008, a classificação do Dialecto Barranquenho como Património Cultural Imaterial de Interesse Municipal.

 

De acordo com a decisão municipal “o reconhecimento da especificidade linguística do Barranquenho e a sua classificação como Património Cultural Imaterial permitirá sensibilizar a própria comunidade e promover uma expressão oral que, em poucas gerações corre o risco de não sobreviver à padronização inerente à escolarização e ao envelhecimento da população"...[+]

O Barranquenho de Barrancos

 

O BARRANQUENHO

 

Introdução

 

" No calcorrear das ruas de Barrancos ou no reparo por entre o casario branco da vila, qualquer visitante encontra sempre um gesto natural de diálogo. Pressente-se no olhar e no cumprimentos desta gente um jeito que convida à comunicação. Alentejanos de trato afável, de falar fluente, musicado e correcto, os Barranquenhos colocam sem trejeitos as dúvidas e as questões que pretendem ver respondidas.

 

Arte de dialogar. Forma de estar do homem do sul. É neste jogo de palavras e entendimento que encontramos uma das mais importantes manifestações culturais dos naturais de Barrancos; o Dialeto Barranquenho. Uma maneira de falar misturando o Português e o Andaluz Arcaicos, reinventando outra linguagem ".

 

"Será o Barranquenho um verdadeiro Dialeto?"

 

Tal como muitas outras línguas, O Português é uma língua em constante contacto com outras. Deste mesmo contacto resultam por vezes factores de transformação que eventualmente podem introduzir variações linguísticas na Língua Padrão. Isto acontece, por exemplo, entre o Português e o Castelhano, ao ponto de se gerar uma relação de regularidades, tanto a nível fonológico, como Sintáctico, como lexical. Formando assim aquilo a que podemos denominar por Dialectos.

 

É este precisamente o caso do Dialeto Barranquenho.

 

Mas será o Barranquenho um verdadeiro Dialeto?

 

Vários foram os autores que discutiram esta questão afim de averiguarem a sua veracidade. De entre esses destacamos o Prof. J. Leite Vasconcelos e o Prof. Manuel Joaquim Delgado.

Para o primeiro o Barranquenho é de facto um dialeto. Através das suas visitas a Barrancos e dos inquéritos que por lá realizou, pôde constatar que este dialeto constitui uma variedade notável de falar alentejano, principalmente devido às suas influências Castelhanas, que desde sempre o acompanharam.

 

Para o segundo, o Barranquenho constitui também um dialeto próprio, quase como um misto de Castelhano e Português. De acordo com a sua teoria o Barranquenho adquire um lugar à parte especial do dialeto alentejano em geral, uma vez que possui características próprias e específicas que o distinguem de qualquer outro.

 

Tendo em conta as variações linguísticas, o Barranquenho constitui um verdadeiro dialeto. Apresenta características demasiado evidentes pelo que não podemos deixar de o considerar como tal.

Desde sempre ouvimos dizer que "a excepção confirma a regra", pois bem, o dialeto Barranquenho comprova isto mesmo. Se por um lado, as variações linguísticas podem ser encaradas como uma regra. Por outro lado, podemos considerar que existe uma assistematicidade. Isto decorre do facto do falante procurar assemelhar o dialeto à língua padrão.

 

Seria pertinente fazer uma comparação entre o dialeto Alentejano em geral e o Barranquenho, pois apesar de fazerem parte da mesma zona geográfica adquirem características diferentes.

Dada a proximidade que Barrancos mantém com Espanha, e nunca esquecendo a forte influência do Castelhano no dialeto em questão, seria relevante estabelecer uma análise comparativa entre o Barranquenho e a língua espanhola.

 

» Variações linguísticas

 

» Variação sintáctica

 

» Variação semântica e lexical

 

 

 
     

Câmara Municipal de Barrancos - Praça do Município, 2 - 7230-030 BARRANCOS - Telef. 285 950 630 - Fax 285 950 638 - geral@cm-barrancos.pt

© Município de Barrancos 2016 - Todos os direitos reservados